Histórico

Entidade Sindical Patronal fundado em 30 de junho de 1990, por 21 empresas industriais filiadas, com sede em Rio Negro, Estado do Paraná, conforme declaração do Ministério do Trabalho e da Previdência Social processo nº 24000.007191/90.
O Estatuto Social está depositado no Cartório de Registro Civil de Títulos e Documentos da Comarca de Rio Negro, apresentado em 06 de outubro de 1995, sob protocolo nº 7019, pág 61v do livro A-2, registro sob nº 421, fls 112v – averbado no registro 300, folha 78 do livro A-02 PJ.
Registro no CNPJ 81.914.210/0001-97.
Declarado de utilidade pública pela Lei 720/92 de Rio Negro.

Base territorial:
Rio Negro
Campo do Tenente
Quitandinha
Lapa
Mandirituba
Agudos do Sul
Piên.

Setores envolvidos
Indústrias de Móveis
Marcenarias
Carpintarias
Artefatos de Madeiras
Serrarias
Madeiras laminadas e compensadas

Em 16 de junho de 1989, foi realizada a primeira reunião com a presença de 25 empresários, em conjunto com os Conselhos de Administração e Deliberativo da Coordenadoria Regional da FIEP, nas dependências do Grupo Famossul em Trigolândia Município de Piên, cuja pauta tratou da formação da Comissão Organizadora do Sindicato do setor moveleiro e da madeira e demais segmentos a estes ligados, com abrangência sobre os municípios de Rio Negro, Campo do Tenente, Quitandinha, Agudos do Sul e Piên.

Participaram da reunião:
Luiz Reinaldo Zanon - Pres. Em Exercício da FIEP
Paulo Roberto Iório Lopes – Coordenador de Assuntos Externos da FIEP
Milton Wittig Bueno – Pres. da Coordenadoria Regional da FIEP de Rio Negro
José Carlos da Cunha Frensch – Secretário
Eloízio Assis Granemann de Souza
Moacir Edgar Semmer
Célio B. da Silva
Guido Orlando Greipel
Bento Turmina
Sergio J. Petschow
Romário Schafauser
Arci Pedro Castelli
Alzeno Lohmann, e mais convidados, onde foram designados por unanimidade para a formação da /comissão Organizadora os Senhores:
Milton Wittig Bueno – Móveis Pretty SA
Rogério Lopes Buch – Buch Ind de Móveis Ltda
Guido Orlando Greipel – Famossul Ind e Comércio Ltda
Arci Pedro Castelli – Faquivalli Madeiras Ltda
Bento Turmina – Madem AS Ind Com Madeiras e Embalagens, sendo o coordenador da referida Comissão o Sr. Milton Wittig Bueno.

Nesta reunião ficou deliberado que a Comissão deveria reunir-se em data a ser marcada, para ser discutido sobre:
Denominação a ser dada, discussão e análise do Estatuto, data para realização da Assembléia de constituição com a eleição da diretoria provisória e fixação da mensalidade.
Em data de 03 de julho de 1989, aconteceu a reunião da Comissão Organizadora do Sindicato com abrangência nos municípios de Agudos do Sul, Campo do Tenente, Piên, Quitandinha e Rio Negro com a seguinte agenda:
Denominação do Sindicato capítulo I art. Art 1º
Discussão e Aprovação do Estatuto
Eleição da Diretoria Provisória Capítulo III e IV
Fixação da Mensalidade Capítulo I Art. 2º letra (e)
Convocação para Assembléia Geral Capítulo V
Publicação de Edital de Convocação Capítulo V Art. 14º § Único

Na seqüência foram enviadas correspondências para as Prefeituras dos Municípios envolvidos solicitando relação das empresas das localidades onde, em breve espaço de tempo a Comissão obteve respostas.


Em maio de 1990 o Sindicato já com a denominação em andamento de: “Sindicato das Indústrias de Móveis, Marcenarias, Carpintarias, Artefatos de Madeiras, Serrarias, Madeiras Laminadas e Compensadas de Rio Negro, fez em data de 17 de maio de 1990 sua primeira convocação publicada nos jornais Tribuna da Fronteira de Mafra em 26 de maio de 1990 e Diário Oficial do Estado do Paraná em 24 de maio de 1990 com o seguinte teor:
“Sindicato das Indústrias de Móveis, Marcenarias, Carpintarias, Artefatos de Madeiras, Serrarias, Madeiras Laminadas e Compensadas de Rio Negro,

Edital de Convocação

Pelo presente, ficam convocados todos os componentes da categoria patronal das Indústrias de Móveis, Marcenarias, Carpintarias, Artefatos de Madeiras, Serrarias, Madeiras Laminadas e Compensados de Rio Negro, Campo do Tenente, Quitandinha, Agudos do Sul e Piên, a comparecerem a uma Assembléia a realizar-se ás 10:30 horas do dia 30 de junho de 1990, à Rua Severo de Almeida 954, com a finalidade de deliberarem sobre os seguintes assuntos:
a) Fundação do Sindicato representativo da categoria;
b) Aprovação dos seus Estatutos;
c) Eleger sua Diretoria, Conselho Fiscal, Conselho de Representante e seus respectivos Suplentes;
d) Assuntos Gerais;

Rio Negro, 17 de maio de 1990.
Comissão de Fundação”
Acontecido a Assembléia na data fixada em Edital, foram aprovados os assuntos da pauta: aprovado seu estatuto que estabelece, em resumo, que a Entidade é constituída para fins de estudo, coordenação, proteção legal da categoria econômica das Indústrias, com sede na base territorial consoante a sua denominação, tendo direito de serem admitidos ao Sindicato as empresas que satisfizerem as exigências da legislação sindical.

A aprovação da Diretoria se deu com chapa única que era composta pelos seguintes candidatos:
Diretoria
Presidente: Milton Wittig Bueno
Secretário: Rogério Lopes Buch
Tesoureiro: José Carlos da Cunha Frensch
Suplentes
Ludovico Schuster Neto
Arci Pedro Castelli
Eloízio Assis Granemann de Souza
Conselho Fiscal
Guido Orlando Greipel
Alcemir Sabatke
Bento Turmina
Suplentes do Conselho Fiscal
Leonardo Schroeder
Jorge Luiz Hilgenstieler
Amauri Cesar Stingle Steff
Delegados Representantes
Milton Wittig Bueno
Rogério Lopes Buch
Suplentes de Delegado Representante
Arci Pedro Castelli
Guido Orlando Greipel


Nesta Assembléia houve a participação de 27 pessoas conforme lista de presença. A Diretoria eleita em seguida foi empossada, onde teve sua gestão com duração de 03 anos, conforme previsto nos estatutos sociais, sendo então até junho de 1993.

Em 03 de novembro de 1990, foi publicado no Jornal Tribuna da Fronteira a 2ª convocação para Assembléia ‘a realizar-se em 22 de novembro de 1990 a fim de deliberarem por escrutínio secreto o pedido de filiação do Sindicato à Federação das Indústrias do Estado do Paraná com o seguinte teor:

“Sindicato das Indústrias de Móveis, Marcenarias, Carpintarias, Artefatos de Madeiras, Serrarias, Madeiras Laminadas e Compensadas de Rio Negro. Base Territorial: Rio Negro, Campo do Tenente, Quitandinha, Lapa, Mandirituba, Agudos do Sul e Piên

Edital de Convocação

O Presidente da Entidade supra, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelos Estatutos e pela legislação vigente, convoca os associados quites e em condições de votar, para participar da Assembléia Geral Extraordinária a ser realizada no dia 22 de novembro de 1990, às 17:00 horas, na sede sito à rua Severo de Almeida, 954, nesta cidade, a fim de deliberarem por escrutínio secreto, sobre o pedido de filiação do Sindicato à Federação das Indústrias do Estado do Paraná, concedendo poderes à Diretoria para efetivação do aludido ato.

Não havendo, na hora acima indicada, número suficiente de associados para a instalação da Assembléia em primeira convocação, os trabalhos serão iniciados meia hora após, em segunda convocação, com qualquer número de associados presentes.

Rio Negro, 03 de novembro de 1990.

Milton Wittig Bueno
Presidente”


Acontecida a AGE em 22 de novembro de 1990, foi então aprovada a proposta de filiação do Sindicato à FIEP. O Regulamento Eleitoral foi aprovado em 22 de dezembro de 1990 em AGE especialmente convocada para tal finalidade.
Em 23 de março de 1991 foi instalada a 4ª AGE para que, pela 1ª vez fosse discutida uma Convenção Coletiva de Trabalho, sendo a 1ª Convenção negociada e fechada por este Sindicato e o Sindicato dos Oficiais Marceneiros de São José dos Pinhais em 05 de julho de 1991 com vigência até 30 de abril de 1992, tendo esta Convenção 51 cláusulas em seu contrato.
As atividades do Sindicato transcorreram-se dentro de uma normalidade própria da situação econômica e social do País, até chegar ao final a gestão da 1ª Diretoria.
Em maio de, 60 dias antes do término da gestão, a Diretoria tomou as medidas necessárias para encaminhar os procedimentos eleitorais, para a eleição que foi convocada para 27 de maio de 1993.
Nesta data então, houve a eleição da 2ª Diretoria do Sindicato cuja chapa era a seguinte:

Presidente: Milton Wittig Bueno
Secretário: José Carlos da Cunha Frensch
Tesoureiro: Eloízio Assis Granemann de Souza
Suplentes
Arci Pedro Castelli
Eurico Wenceslau Ruthes
Guido Orlando Greipel
Conselho Fiscal Efetivos

Rodolfo Schossig
Max Luiz Pfeffer
Joãozinho Langowski
Suplentes
Eraldo Diegel Pfeiffer
Odir Pauletti
Jorge Luiz Hilgenstieler
Delegados Representantes / FIEP
Milton Wittig Bueno
José Carlos da Cunha Frensch
Suplentes de Delegado Representante
Arci Pedro Castelli
Eloízio Assis Granemann de Souza
 

Em 30 de maio de 1996, houve a eleição da 3ª Diretoria do Sindicato cuja chapa era a seguinte:
Presidente: José Carlos da Cunha Frensch
Secretário: Eurico Wenceslau Ruthes
Tesoureiro: Arci Pedro Castelli
Suplentes
Milton Wittig Bueno
Moacir Edegar Semmer
Jayme Gonçalves Corrêa
Odir Pauletti
Conselho Fiscal
Efetivos
Rodolfo Schossig
Joãozinho Langowski
Moacir Romagna
Suplentes
Nascimento Orige de Souza
Eraldo Diegel Pfeiffer
Jorge Luis Hilgenstieler
Delegados Representantes / FIEP
Milton Wittig Bueno
José Carlos da Cunha Frensch
Suplentes de Delegado Representante
Eurico Wenceslau Ruthes
Arci Pedro Castelli

Em 07 de maio de 1999, houve a eleição da 4ª Diretoria do Sindicato cuja chapa era a seguinte:
Presidente: Milton Wittig Bueno
Secretário: Moacir Romagna
Tesoureiro: Jayme Gonçalves Corrêa
Suplentes
Moacir Edegar Semmer
Jorge Luis Hilgenstieler
Evandro Diegel Pfeiffer
Ary Antonio Ruthes
Conselho Fiscal
Efetivos
Rogério Lopes Buch
Nascimento Orige de Souza
Germano Raul Schossig
Suplentes
Arci Pedro Castelli
João Carlos Leonardi
José Francisco Hoffmann
Delegados Representantes / FIEP
Efetivos
Milton Wittig Bueno
Moacir Romagna
Suplentes de Delegado Representante
Jayme Gonçalves Corrêa
Evandro Diegel Pfeiffer

Esta Diretoria permaneceu até 07 de maio de 2002 sendo prorrogado sua gestão para 31.12.2003 através de AGE ocorrida em 05.04.2002.